Não estou aceitando novos pedidos de orçamento no momento. Agradeço a compreensão.

Como vender mais em lojas virtuais: 6 dicas que você precisa conhecer

É fato que a criação de uma loja virtual pode trazer um verdadeiro aumento nas vendas de sua empresa. E se você ainda não possui uma empresa, começar online, com uma loja virtual ao invés de uma física, pode ser a melhor maneira. Isso se deve ao fato de que os custos são menores e você ainda conseguirá alcançar um público maior.

Suponhamos que você já esteja com sua loja virtual criada, mas ainda não conseguiu fazer nenhuma venda. E agora, o que fazer? Calma, não se preocupe, confira agora mesmo 6 dicas sobre como vender mais em lojas virtuais:

Como vender mais em lojas virtuais: 6 dicas que você precisa conhecer

1 – Tenha uma loja virtual com boa navegabilidade

A navegabilidade de seu e-commerce é de extrema importância. Imagine você mesmo entrando em uma loja virtual em busca de um ursinho panda de pelúcia para dar de presente, por exemplo. Você olha a página inicial e não consegue encontrá-lo, procura pelas categorias, mas elas são confusas e não sabe onde clicar, também não encontra uma caixa de pesquisa. O que você faria? Bem provável que feche a página e busque em outro site que também venda bichinhos de pelúcia.

Só por não ter um site fácil de navegar, você poderá acabar perdendo diversos potenciais clientes.

2 – Tenha um diferencial

Um diferencial pode fazer grande diferença nas vendas. Imagine que sua loja virtual venda um fone de ouvido por R$49,90. O cliente encontra o fone nela com frete de R$21,98, mas também abre a página de um concorrente e lá o fone está custando exatamente o mesmo preço, porém o frete é grátis. De qual loja será que o cliente irá comprar? Acertou se pensou no site do concorrente.

Oferecer frete grátis é somente um exemplo de diferencial, você pode procurar por outras formas. Até por que oferecer frete grátis não é algo viável para todos os casos.

3 – Tenha preços competitivos

Você deve ter preços competitivos. Para isso é indicado estudar a sua concorrência.

Também deve calcular todos os gastos que terá na hora de precificar o seu produto. Você provavelmente terá que gastar com embalagem, também é bem capaz que gaste energia elétrica, talvez ainda gaste com o transporte para ir até fornecedores. Tudo deve ser colocado na ponta do lápis antes precificar o seu produto.

Para saber colocar preço em seus produtos da loja virtual, você pode se perguntar se teria aquele mesmo gasto se não tivesse a loja virtual. Se a resposta for sim, ele não deve entrar na hora de precificar o produto. Caso contrário, é necessário colocá-lo na conta. Depois de calcular o que foi investido nos produtos, basta acrescentar o seu lucro.

Se o seu produto tiver um bom diferencial, também é possível cobrar mais por isso. Você não pagaria o mesmo preço por um bolo seco com pouco recheio e outro molhadinho com muuuito recheio, não é mesmo? Isso porque o segundo bolo obviamente vale mais que o primeiro.

É claro que você não pode vender um produto de baixa qualidade e colocar um preço igual ao do seu concorrente que vende excelentes produtos. Se o consumidor paga caro por um produto, o mínimo que ele quer é que o mesmo atenda às suas expectativas.

4 – Utilize fotos de boa qualidade para os seus produtos

Vender mais no e-commerce

Você já ouviu dizer que uma imagem vale mais que mil palavras? Pois é, as imagens tem um papel muito importante em uma loja virtual.

Pense o seguinte: quando você vai a uma loja física, não costuma olhar o produto e, se possível, até pega ele na mão, vê se está funcionando corretamente? Infelizmente fazer tudo isso não é possível em um e-commerce (quem sabe daqui a algumas décadas, com a evolução da tecnologia), as fotos dos produtos é o que resta ao cliente. Por esse motivo, elas devem ser de alta qualidade.

O ideal é utilizar um fundo infinito branco para as fotos. Mas não pense que você precisará gastar tanto assim para começar a tirar suas fotos. É possível utilizar materiais de boa qualidade e baratos para fazer o fundo infinito. As fotos podem ser tiradas com um celular smartphone mesmo, desde que a câmera seja boa. Opte por uma iluminação natural, ao invés do flash da câmera do celular.

Há lojas virtuais que mostram até o produto em vídeo, o que ajuda bastante o cliente.

5 – Tenha boas descrições para os seus produtos

Não pense que somente imagens irão vender o seu produto. Após ver as imagens e o cliente desejar comprar o seu produto, o mais óbvio é que ele vá procurar por sua descrição para saber todas as características. E se o seu produto não possui uma descrição? É bem capaz que o usuário acabe desistindo da compra.

As descrições de produtos pensando no SEO (otimização para os sites de busca) também ajudarão a fazer com que sua loja virtual fique mais bem posicionada nos mecanismos de pesquisa, como o Google. O que isso significa? Que seu site terá mais visitas e, consequentemente, mais vendas.

Não sabe ou não tem tempo para criar descrições para todos os seus produtos? Não se preocupe, eu posso lhe ajudar com isso. Trabalho como freelancer criando descrições de produtos para lojas virtuais. Clique aqui para entrar em contato comigo!

6 – Tenha um blog com conteúdo atualizado

Eu já tenho uma loja virtual, por que iria querer um blog? Muitas pessoas que trabalham online vendendo produtos pensam que não há necessidade alguma de criar um blog. Ledo engano, os blogs podem aumentar (e muito) as vendas de uma loja virtual. Leia também:

Com as descrições de produtos otimizadas para os mecanismos de pesquisa (SEO), já é possível aumentar consideravelmente o número de visitas e vendas. Porém não é o suficiente. Somente com as descrições, você não conseguirá alcançar todo o seu público-alvo, pois é bem provável que não dê para trabalhar todas as palavras-chave relacionadas ao seu nicho.

Com posts de blog, dá para trabalhar um número bem maior de palavras-chaves, levando mais pessoas para o seu site. E essas pessoas podem acabar virando seus clientes.

Mas não basta somente ter um blog se ele não tiver um conteúdo único e atualizado. É recomendado atualizá-lo, no mínimo, uma vez por semana. Escolha um dia da semana e uma hora para publicar conteúdo novo, assim os usuários saberão exatamente quando terão que voltar ao blog para encontrar novas postagens.

Não tem experiência na criação de artigos para blog ou não possui tempo para atualizá-lo com frequência? Também posso ajudá-lo nisso. Clique aqui para entrar em contato comigo!

Tags: , , , , ,

Publicado em por

Escreva um comentário